Quem Somos

Quem somos

O Longevidade ADunicamp é o site da Associação de Docentes da Unicamp – ADunicamp – que se propõe a divulgar e debater informações sobre os fatores relacionados ao aumento na expectativa de vida no século 21, fenômeno conhecido como Revolução da Longevidade, assim como o impacto da Revolução Digital, nas áreas de trabalho, saúde, educação, acesso à informação, e lazer.

Objetivos

Divulgar informações e debater tópicos de interesse dos associados nas áreas de cultura, lazer, saúde, educação, políticas públicas visando à construção de uma sociedade democrática e solidária através da participação ativa dos seus membros.

Longevidade

O Brasil está sofrendo uma mudança acelerada na distribuição etária de sua população*.  Esse fenômeno demográfico, chamado de Revolução da Longevidade, que já é sentido na composição do quadro de associados da Adunicamp, levou à criação do site LongevidadeAdunicamp

Longevidade com qualidade de vida, no século 21, começa com a saúde da futura mãe por ocasião da concepção e tem como etapa crucial os primeiros 1.000 dias de vida e a primeira infância.

A incorporação de hábitos saudáveis, o acesso aos serviços de saúde, a participação em programas de educação continuada, a valorização da inserção social e recursos econômicos indispensáveis são instrumentos essenciais para viver os anos longevos com qualidade.

Com a expectativa de vida podendo se estender além dos 100 anos, as novas gerações veem-se compelidas a reprogramar o seu Ciclo de Vida às realidades e necessidades do século 21.

O LongevidadeAdunicamp tem por meta ser uma fonte de informações e uma ferramenta de debate na reinvenção do ciclo de vida de seus associados, divulgando e debatendo tópicos importantes à Longevidade com o objetivo de demandar da academia, instituições e governos estudos  e políticas que garantam a qualidade de vida e a segurança econômica das gerações atuais e futuras.

__________________________

*O IPEA prevê que o número de brasileiros na faixa da terceira idade, com idades entre 60 a 79 anos, que era de 17,54 milhões em 2010, salte para 42,48 milhões, um crescimento de 142% em apenas 30 anos. Já o número dos com mais de 80 anos pulará de 2,91 para 13,42 milhões no mesmo período, um incremento de 361%. Nesse mesmo período o número de brasileiros com menos de 30 anos será reduzido em 38,5 milhões, uma redução de 40%.